Feira de Santana: 7.255 animais mortos recolhidos em 2011

A Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) divulgou dados quantitativos sobre o serviço de remoção de animais mortos em 2011. Foi contabilizado pelo Departamento de Limpeza Pública um volume total de 7.255 animais domésticos de várias espécies recolhidos em domicílios e vias públicas da cidade. Entre os animais mortos removidos estão: cães (5.313); gatos (1.760); carneiro…

Deputado participa do evento Natal Cão Amor

O deputado Estadual e presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia, José de Arimatéia (PRB), participou na manhã, deste sábado (18), do evento “Natal Cão Amor”, promovido pela Associação Brasileira Protetora dos Animais (ABPA-BA). A Organização é responsável pelo Abrigo São Francisco de Assis, que cuida atualmente de 500 cães e gatos,…

Cerca de 90 animais foram envenenados em Amélia Rodrigues

O deputado estadual, José de Arimatéia (PRB), visitou nesta quinta-feira (6) o povoado de São Bento de Inhatá, na cidade de Amélia Rodrigues, onde aconteceu a matança de cerca de 90 animais (segundo informações da Prefeitura Municipal) – a maioria deles, cachorros. O parlamentar esteve acompanhado de cinco organizações protetoras dos animais, sendo elas: Associação…

Ichu deve ganhar política pública de proteção aos animais

O Deputado Estadual, José de Arimatéia (PRB), visitou neste domingo (04), o município de Ichu, onde ocorreu uma denúncia no inicio do mês de agosto, sobre a morte de animais de diversas espécies na zona rural. O deputado esteve acompanhado da presidente da Associação Brasileira Protetora de Animais – Bahia, Patruska Barreiro e da presidente…

Políticas públicas para animais é tema de encontro de Deputado

O Deputado Estadual José de Arimatéia (PRB) esteve reunido na manhã desta quarta-feira, 15, com representantes de organizações que lutam pelos direitos dos animais. Na pauta, a discussão sobre políticas públicas que protejam os animais. “Não vejo muitos políticos dispostos a defender os animais, parece que a sociedade tem dificuldade de reconhecer sua importância”, justificou…